Cenários

Angola - Teatro de Operações

O nó do problema

O nó do problema de Angola residia em factores que eram exteriores ao seu território e que excederam os actores que actuaram no terreno.
Tratava-se de mais uma guerra de peões, instrumentos da «grande estratégia», condicionada pelo quadro internacional do conflito Leste-Oeste, pelo movimento descolonizador que se seguiu à II Guerra Mundial, pela natureza do regime português e pela sua política colonial.
Também o tipo de guerra conduzido pelos movimentos de libertação – a guerrilha, causadora de grande desgaste em forças convencionais, mantidas sob permanente tensão, e obrigando a uma escalada de investimentos para o seu apoio em grandes superfícies e exigindo sempre mais e mais efectivos nos teatros de operações – implicou desgaste de recursos humanos, materiais e financeiros, que excedia a capacidade da sua regeneração.

Arquivos Históricos

Lugares de Abril

Curso História Contemporânea

Roteiro Didático e Pedagógico

Base Dados Históricos

Site A25A

Centro de Documentação

Arquivo RTP

Cadernos 25 Abril

Filmes e Documentários

Arquivos Históricos

© 2020 – Associação 25 de Abril