01/12/1973 -

Reunião de Óbidos do Movimento dos Capitães, em que é eleita uma comissão coordenadora alargada e votados os nomes dos generais a contactar pelo movimento – Costa Gomes e António de Spínola.

A reunião de Óbidos foi um marco importante na evolução do Movimento dos Capitães. Dois problemas foram especialmente abordados – a questão do rumo a seguir e a questão dos chefes a contactar. Na escolha das alternativas para o movimento acabou por ficar clara a ideia que se vinha tornando inevitável – era necessário o emprego da força, o que levaria à conquista do poder; quanto aos chefes, as opções não eram muitas e estavam já lançadas das reuniões anteriores – Costa Gomes, António de Spínola e alguns votos em Kaúlza de Arriaga.

Finalmente, foi eleita uma comissão coordenadora alargada, com 19 elementos. As hesitações pareciam ter os dias contados.