23/01/1961 -

Telegrama do ministro da Defesa para os comandos militares do Ultramar, informando do assalto ao paquete Santa Maria.

É o seguinte o texto do telegrama:

“Por telegrama agora recebido teve-se informação paquete português Santa Maria foi assaltado em 22 corrente no mar Venezuela por indivíduos fortemente armados tendo assassinado membros tripulação e tomado conta navio.

Julga-se que este assalto foi executado por elementos nacionais e estrangeiros. Deve tratar-se tentativa golpe força com agitadores vindos Antilhas e dirigido contra algumas parcelas território
português. Torna-se necessário tomar todas precauções acordo Governador fim evitar surpresa dum desembarque e ataque armado e manter ordem Província”.

No dia seguinte um novo telegrama foi dirigido pelo ministro da Defesa às Forças Armadas: “Até este momento não foi possível localizar paquete Santa Maria. São de admitir seguintes hipóteses: apresamento do navio, arribar a um porto do Continente Americano, arribar porto de uma das repúblicas africanas ou tentativa desembarque em qualquer Província Portuguesa da costa do Atlântico ou ilhas adjacentes. Necessário severas medidas precaução. Previsto reforço da Base das Lages com dois aviões PV-2 e do Arquipélago da Madeira com um navio patrulha”.